O ano de 2017 marca dez anos desde que o último Half-Life foi lançado e desde então os fãs estão angustiados com a espera de uma sequência, o mitológico Half-Life 3, que já virou piada na internet.

Infelizmente, a situação parece não ser boa. O Game Informer entrevistou uma fonte interna da Valve, que foi mantida em anonimato, e que revelou alguns segredos do desenvolvimento do jogo, afirmando que o título não existe e provavelmente nunca será feito.

O jornalista Andrew Reiner, que comandou a entrevista, afirma que confia muito na fonte, mas que mesmo assim é melhor considerar as informações com cautela até que um anúncio oficial seja feito.

Logo no início da conversa, a fonte já afirma que Half-Life 3 não existe e que na verdade ele nunca foi anunciado e que a única promessa não cumprida foi Half-Life 2: Episode Three.

Half-Life 3 não existe. A Valve nunca anunciou um Half-Life 3. O mais próximo que eles chegaram disso foi depois de Half-Life 2, quando eles falaram que teria três episódios. Tivemos apenas dois deles. Isso é discutivelmente uma promessa não cumprida. Eu apenas menciono isso porque às vezes é frustrante quando as pessoas simplesmente assumem algo sobre o futuro. Por elas quererem falar sobre o futuro, a fantasia começa a se tornar real em suas mentes, mesmo que elas tenham uma forma completamente diferente no lado do desenvolvedor.

A fonte também afirmou que acredita que não haverá nenhum outro projeto de Half-Life lançado.

Toda vez que um projeto de Half-Life ganha peso e então entra em colapso, fica mais difícil para começar o próximo. Porque os negócios mudam muito e há tantas outras coisas para fazer, só fica cada vez mais difícil.

Ela também foi perguntada sobre a possibilidade de dar um projeto para um desenvolvedor terceirizado, o que provavelmente também nunca vai acontecer.

Se você está tentando cuidar dos fãs, dar para um desenvolvedor third-party provavelmente não é a melhor forma de fazer isso. Não teria a alma que o jogo precisaria ter. Até mesmo muitas pessoas dentro da Valve estão diferentes, então essa credibilidade também não está lá necessariamente. O que eles não querem fazer, em um tipo de situação como o de George Lucas, é entregar algo como Star Wars: A Ameaça Fantasma. Talvez não tenha como evitar isso. É tão tentador. Mas a realidade é que as expectativas são altas. Onde está o limite? Se eles não alcançarem isso, as pessoas ficarão desapontadas. Este será o legado.

Como a própria Game Informer comenta, a Valve continuará sendo questionada sobre o jogo pelos fãs “famintos”. A fonte comenta que “é por isso que eles não falam mais sobre o jogo. Toda vez que falam, a fome retorna. É por isso que eles ignoram. A dor some com o tempo”.

A entrevista completa pode ser conferida aqui, onde a fonte também fala sobre o método de desenvolvimento peculiar da Valve e outros detalhes internos da empresa que ajudam a justificar por que Half-Life 3 nunca saiu e possivelmente nunca será lançado.

DEIXAR UMA RESPOSTA